19/12/2008

A vida circula pelas ruas da Bela Vista

Apesar de já ter mudado de endereço nos últimos 13 anos, a ginecologista Mariângela Badalotti fez questão de permanecer no mesmo bairro: a Bela Vista. Numa troca de residência, foi morar em um prédio cuja construção não teve início quase na mesma época que descobriu que estava grávida de sua filha, Isadora, hoje com nove anos.

Mariângela é professora de ginecologia, coordena o Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e chefia o Serviço de Ginecologia do Hospital São Lucas. Sócia-diretora do Fertilitat - Centro de Medicina Reprodutiva, preside o Instituto Assistireh - Assistência e Incentivo à Reprodução Humana. Casada com Cláudio Teloken, 50 anos, Mariângela gosta de apreciar as belezas da Bela Vista ao lado da família.
 

Conheça a seguir, um pouco mais do carinho que ela tem pelo local onde mora.


ZH Bela Vista - Como você definiria a região, em uma palavra?
Mariângela Badalotti -
 Elegante.

ZH Bela Vista - Qual sua lembrança mais remota sobre o bairro desde que mora aqui?
Mariângela - 
A vista livre, com menos prédios e mais árvores.

ZH Bela Vista - Como é o vizinho ideal?
Mariângela -
 É educado, se preocupa com o bairro e respeita as pessoas e o lugar onde vive.

ZH Bela Vista - Se pudesse, o que mudaria na Bela Vista?
Mariângela - 
Diminuiria a violência e a corrida imobiliária.

ZH Bela Vista - E o que nunca mudaria no bairro?
Mariângela - 
O caráter residencial e acolhedor.

ZH Bela Vista - Se você tivesse de escolher uma trilha musical para a região, qual seria?
Mariângela -
 Walk on By, de Dionne Warwick.

ZH Bela Vista - Em que situações você precisa sair do bairro?
Mariângela -
 Para ir ao trabalho, para levar minha filha à escola e para usufruir da vida cultural da cidade que acontece em outros bairros da Capital.

ZH Bela Vista - Que morador da região você admira?
Mariângela -
 Meu marido, Claudio Teloken.

ZH Bela Vista - Deixe uma frase para seus vizinhos.
Mariângela -
 Aproveitem a beleza e a tranqüilidade de nosso bairro e deixem que essa atmosfera de harmonia reflita em todas as esferas de suas vidas.

ZH Bela Vista - Como Porto Alegre seria sem seu bairro?
Mariangela - 
Muito menos Bela, muito menos Alegre.

ZH Bela Vista - Conte uma história legal sua com o bairro.
Mariângela - Num domingo de manhã, saí para caminhar com uma amiga, e decidimos que a caminhada será pelo bairro. Foi a primeira vez que fiz isso. Nesse dia, vimos que estava sendo iniciada a construção de um edifício e, alguns dias depois, eu descobri que estava grávida. Passado certo tempo, resolvemos nos mudar e, entre tantos apartamentos visitados, acabamos escolhendo justamente um naquele prédio cuja construção iniciou praticamente junto com a minha gravidez. Até parece que a Isadora, minha filha, sabia disso, pois, desde a primeira visita ao prédio, ainda pequenina, se encantou com o edifício e não queria sair de lá de jeito nenhum.

ZH Bela Vista - Como você imagina a Bela Vista no futuro?
Mariângela - Espero que o bairro não seja muito diferente do que é hoje.

ZH Bela Vista - Quando está de férias, do que você sente falta no bairro?
Mariângela -
 Da Belíssima Vista e , é claro, da minha casa.

 

Moradora da Rua Olavo Nunes, Mariângela reside em prédio cuja construção teve início quase na mesma época em que a médica descobriu que estava grávida.

As dicas de Mariângela sobre o bairro:

-Um recanto escondido: "Não é escondido, mas é meu refúgio: a minha casa."

-Um trajeto para facilitar o trânsito: "Qualquer um que permita fugir da rótula da Encol."

-Um restaurante: "It Quisi."

-Um detalhe para observar: "Um magnífico jacarandá com que nos deparamos ao descera Carlos Trein Filho, em direção à rótula da Nilo. Deixa o dia mais leve."

-Um lugar para caminhar: "A Praça da Encol."

-O que cuidar quando sair na rua: "A violência."

-Um evento imperdível: "O pôr-do-sol no Guaíba visto dos altos da Bela Vista."


Matéria publicada no Jornal Zero Hora. Clique na imagem ao lado para ampliá-la.

› COMPARTILHE

Outros Posts que você poderá gostar