30/10/2018

Fertilitat participa de projeto que apoia congelamento de óvulos de pacientes oncológicos

Para apoiar a preservação da fertilidade em pacientes oncológicas, o Fertilitat - Centro de Medicina Reprodutiva faz parte do Programa Proteger. De abrangência nacional, o projeto de responsabilidade social é da Ferring Pharmaceuticals e pode subsidiar até 100% dos medicamentos necessários para o congelamento dos óvulos.

 

Tratamentos oncológicos – quimio e radioterápicos – podem comprometer a função do ovário e resultar em infertilidade. Nesses casos, é sugerido a pacientes submeter-se à aspiração dos óvulos antes do início da terapia.

 

Para o congelamento, a paciente deve submeter-se a uma medicação hormonal para amadurecer o maior número de óvulos possível, que são coletados por punção (com sedação) e, posteriormente, congelados até o momento ideal para a fertilização. A medicação é definida de acordo com o tipo de câncer e costuma custar até metade do valor total do procedimento.

 

Para participar do programa, as pacientes precisam ter entre 18 e 40 anos, residência fixa no Brasil e diagnóstico de câncer estabelecido, além de não terem começado o tratamento oncológico ou realizado quimioterapia nos últimos seis meses. O encaminhamento para o Fertilitat deve ser feito pelo médico oncologista.

› COMPARTILHE

Outros Posts que você poderá gostar