09/08/2018

Fertilitat realiza encontros de orientação e apoio sobre (in)fertilidade para pacientes

Desejar ter filhos e se deparar com dificuldades para concebê-los pode ser um momento bastante difícil na vida de homens e mulheres. Por vezes, sentem-se como se o mundo inteiro fosse fértil e apenas eles estivessem tendo dificuldades, o que impacta na maneira como olham para si mesmos e para o entorno, sentindo-se inferiorizados e estigmatizados.

 

A dificuldade de compartilhar as expectativas e preocupações em relação à infertilidade e seus tratamentos, decorrente ainda de uma falta de compreensão por parte do meio social e de como cada um está conseguindo significar esta experiência, pode levar a uma vivência muito solitária deste processo, assim como reforçar o estigma que a infertilidade ainda possui.

 

Compartilhar ideias e sentimentos com pessoas que estão passando pelo mesmo processo, ao contrário do que se pensa, pode ser uma forma muito efetiva de auxílio no alívio da dor de não conseguir engravidar. Pensando em como dar suporte com informações, o Fertilitat realizará, a partir de amanhã (10), encontros para orientação e apoio de seus pacientes.

 

“Falar abertamente sobre esta experiência segue sendo muito difícil. Contudo, as experiências de grupos virtuais ou presenciais têm contribuído para desmistificar o diagnóstico de infertilidade, bem como facilitado a trajetória em busca da realização do desejo de ter um filho”, explica a psicóloga da clínica, Débora Farinati.

 

O grupo servirá para abrir espaço para que sentimentos, dúvidas, sonhos e esperanças de quem busca a clínica para a realização desse desejo possam ser compartilhados. Os encontros serão na sala de espera do Fertilitat, nas sextas-feiras, das 14h às 15h.

 

› COMPARTILHE

Outros Posts que você poderá gostar