17/01/2009

Os cuidados numa gravidez tardia

O adiamento da gravidez cresce cada vez mais nos dias de hoje. São muitos os fatores que,atualmente, levam as mulheres a postergar a gravidez. Os riscos de uma gestação tardia podem ser contornados com uma preparação prévia e um pré-natal com acompanhamento adequado.

A primeira etapa dessa preparação é colocar a careteira de vacinação em dia, inclusive testes de sorologia para hepatite B e C e HIV.

Mulheres com doenças crônicas,tais como pressão alta e diabetes, merecem acompanhamento do obstetra antes de tentar a gravidez, porque é importante que estas doenças estejam bem controladas antes de engravidar.

A partir dos 35 anos a gestação da mulher é um desafio.E acima dos 40 anos, mesmo com os tratamentos clínicos para induzir a gestação, podem ocorrer abortos espontâneos e problemas ginecológicos.

Reprodução Assistida

A infertilidade atinge entre 10% e 15% dos casais em idade reprodutiva. Para muitos deles, a doença representa um obstáculo importante para a concretização do sonho de uma vida toda. A ciência aparece para ajudar em alguns casos.

O Rio Grande do Sul conta com um dos mais modernos centros brasileiros especializados em reprodução assistida. O Fertilitat  (Centro de Medicina Reprodutiva) é o responsável pelo nascimento do primeiro bebê de proveta do Estado, em 1989, e pelo primeiro nascimento através de congelamento de óvulos por técnica lenta do Brasil, em 2002.

Para o médico Alvaro Petracco, diretor do Fertilitat, apesar do sofrimento despertado pela infertilidade, é fundamental que o casal se reorganize emocionalmente, para que possa buscar as alternativas possíveis. Entre as técnicas disponíveis está o congelamento de óvulos, excelente opção para casais inférteis, para mulheres que precisam postergar a maternidade e para as pacientes com câncer.

A fertilização in vitro, o congelamento óvulos, de embriões, de sêmen ou tecido ovariano e a extração de espermatozóides do testículo, entre outras técnicas, ampliaram, e muito, as chances de ter filhos para casais que, em algum momento de suas vidas, se deparam com a infertilidade.

› COMPARTILHE

Outros Posts que você poderá gostar