fbpx

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Cras sollicitudin, tellus vitae condimentum egestas, libero dolor auctor tellus, eu consectetur neque.

Aperte enter para iniciar sua busca...
 

Doação de Óvulos

DOAÇÃO DE ÓVULOS

A doação de óvulos surge em 1983 como mais uma técnica ofertada pela Medicina Reprodutiva cujo objetivo é oferecer a oportunidade de realizar o desejo de parentalidade a pessoas que necessitam recorrer a um óvulo doado para realizá-lo.  Este tratamento é  realizado através de uma FIV ( Fertilização in vitro) na qual é utilizado o óvulo (gameta feminino) de uma doadora e o espermatozoide ou do parceiro da mulher que necessita receber a doação, ou de um doador nos casos de uma maternidade sozinha, ou ainda nos casos de casais homoafetivos masculinos.

Cabe destacar que as técnicas de Reprodução Assistida no Brasil devem seguir obrigatoriamente as Normas Éticas dispostas na Resolução 2168/2017 do CFM – Conselho Federal de Medicina o qual é o órgão que normatiza a realização destas técnicas no Brasil. O anonimato ( as receptoras não podem conhecer a identidade da doadora dos óvulos e vice-versa), a voluntariedade e o caráter não comercial da doação de óvulos estão dentro das prerrogativas dispostas nesta resolução.

Indicações para a utilização de óvulos doados:

– falência ovariana prematura
– síndrome de resistência ovariana; número e/ou qualidade insuficiente de óvulos recuperados em Fertilização in vitro (FIV)
– má-resposta repetida às medicações para estímulo ovariano
– falhas repetidas em FIV
– idade materna avançada
– doenças genéticas ligadas aos óvulos
– casais homoafetivos masculinos.

Quem pode doar óvulos?
Podem doar óvulos mulheres de até 35 anos, com histórico negativo de doenças geneticamente transmissíveis, exame de cariótipo (DNA) normal, rastreamento negativo para doenças sexualmente transmissíveis, com compreensão completa do processo, nível adequado de ajustamento psico-social e que desejem voluntariamente auxiliar pessoas que estão buscando realizar o sonho terem filhos.

Em que situações uma mulher pode tornar-se uma doadora? 
A partir da resolução 2168/2017 é permitida a doação voluntária de óvulos, bem como a situação identificada como doação  compartilhada, situação  em  que  doadora  e  receptora,  participando como portadoras de problemas de reprodução, compartilham tanto do material biológico quanto  dos  custos  financeiros  que  envolvem  o  procedimento  de  RA.

Programa de Doação Compartilhada de Óvulos – FERTILITAT 
O  Programa  de  Doação  Compartilhada  de Óvulos compreende  uma  parceria voluntária  entre  duas  mulheres  que  necessitam  dos  recursos  da  Fertilização Assistida para realizar o desejo de maternidade. Uma, com indicação para receber óvulos doados em virtude do já exposto acima, e outra com indicação de FIVET, que deseja auxiliar outro casal na realização de seu projeto parental e que, pode necessitar de auxílio econômico para realizar o procedimento. É um programa de doação recíproca onde o que une estas mulheres é a tentativa de realização do sonho da maternidade.

Tanto a decisão de doar óvulos quanto a de recebê-los constitui um processo delicado e que necessita que as partes envolvidas possam, além de conhecer todos as aspectos envolvidos, refletir sobre a decisão que estão tomando. Pensando em oportunizar uma tomada decisão consciente, o FERTILITAT oferece um espaço de escuta e reflexão conduzido pela psicóloga da equipe tanto à doadora quanto à receptora como parte do programa.

O Programa de Doação Compartilhada de Óvulos – FERTILITAT tem como preceitos fundamentais a ética e o respeito ao ser humano, proporcionando a todos os envolvidos cuidadosa atenção médica e psicológica.

Etapas

1) Entrevista de Orientação
As pacientes com indicação clínica para doar ou receber óvulos participam de duas  Entrevistas com a psicóloga coordenadora do Programa de Doação de Óvulos  para que lhes seja explicado “step by step”  todo o processo bem como as implicações sociais e psicológicas concernentes. Estas entrevistas objetivam ser espaço de reflexão para que as partes envolvidas tenham assegurado seu direito à autonomia e a escolha consciente e livre do processo que visa o alcance da parentalidade.  Igualmente este espaço busca prevenir danos psicológicos futuros e trabalhar o vínculo entre pais e a criança gerada com o auxílio deste programa. As pacientes (casais) participarão ainda de uma Entrevista Médica com o médico integrante do Programa de Ovodoação para que lhes seja explicado todo o processo médico a que serão submetidos, bem como todas as implicações clínicas envolvidas.

2) Questionário Médico
Consiste em um extenso screening da história médica. Este questionário  é usado para determinar  se  o programa é seguro para ambas as partes, em especial para a receptora.

3) Questionário Psico-social
São apresentados para doadora e receptora questionários, onde são propostos temas de cunho psico-social para reflexão e avaliação. Estes protocolos permitem obter informações sobre aspectos subjetivos e psicológicos de doadores e receptores.

4) Entrevista Psicológica
Aos casais participantes do programa é oferecido por um psicólogo, espaço de orientação e reflexão sobre os aspectos emocionais implicados nesta forma singular de aceder a maternidade e paternidade. Nesta oportunidade são avaliados os recursos psicológicos das pessoas envolvidas para lidar com este processo.

5) Exames Médicos
O médico responsável pelo Programa solicita, a partir do atendimento das possíveis doadoras e receptoras, exames médicos para avaliar suas condições de saúde.

6) Aconselhamento genético
Como parte da avaliação médica da doadora, esta deve realizar uma avaliação cromossômica através de exame de Cariótipo, bem como realizar uma consulta com a geneticista da equipe Fertilitat com vistas a avaliar o histórico de saúde familiar.

7) Consentimento Livre e Esclarecido
Em tendo preenchido todos os critérios para participar do Programa de Ovodoação as partes envolvidas devem assinar Termo de Consentimento Livre e Esclarecido onde dão sua ciência e anuência de todas as implicações deste procedimento.

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e receba novidades da Fertilitat

CONTATO

 

Este espaço foi especialmente criado para que você possa agendar consultas de forma simples e ágil. Basta inserir seus dados, incluindo o horário e a data de sua preferência na aba mensagem. Nossa equipe entrará em contato por e-mail ou telefone, confirmando sua consulta ou sugerindo outro horário, no caso de o escolhido estar ocupado.