fbpx

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Cras sollicitudin, tellus vitae condimentum egestas, libero dolor auctor tellus, eu consectetur neque.

Aperte enter para iniciar sua busca...

FERTI FIV – LABORATÓRIO DE FERTILIZAÇÃO IN VITRO

UM TRATAMENTO PARA CADA CASO. UMA SOLUÇÃO PARA CADA FAMÍLIA.

SAIBA COMO SÃO FEITOS OS PRINCIPAIS PROCEDIMENTOS DE FERTILIZAÇÃO DA NOSSA CLÍNICA:

FERTILIZAÇÃO IN VITRO (FIV)
MAIS CHANCES PARA REALIZAR O SEU SONHO.
A fertilização, encontro do óvulo e do espermatozoide, ocorre normalmente nas tubas uterinas. A fertilização in vitro é uma técnica em que a fertilização ocorre em laboratório. De 50 a 100 mil espermatozoides são colocados ao redor de cada óvulo, a fim de obter a sua fertilização e, consequentemente, embriões de boa qualidade.

Após as primeiras divisões, o embrião é transferido para o útero, onde deverá implantar-se e dar início à gestação.

INJEÇÃO INTRACITOPLASMÁTICA DE ESPERMATOZOIDES – ICSI (Intracytoplasmicsperminjection)
PRECISÃO QUE TRAZ QUALIDADE E RESULTADOS.
ICSI é a colocação de um espermatozoide dentro de um óvulo, mais especificamente dentro do seu citoplasma. Este procedimento é realizado sob microscópio, com micromanipuladores.

Uma pipeta segura o óvulo enquanto outra aspira um espermatozoide e injeta-o dentro do citoplasma desse óvulo.

Após o procedimento, os óvulos voltam ao cultivo e no dia seguinte são observados para confirmar a fertilização. Alguns dias depois, são transferidos para o útero.

A ICSI também pode ser realizada em homens azospérmicos, aqueles que não possuem espermatozoides no ejaculado por diferentes razões. Nesses casos, os espermatozoides são coletados do epidídimo ou do testículo.

Em situações especiais, a ICSI é realizada com espermatozoides selecionados por magnificação (IMSI). As taxas de sucesso dos tratamentos de fertilização in vitro tem relação com a causa da infertilidade, mas a idade da mulher é o fator prognóstico mais importante.

 ASSISTED HATCHING
CUIDADO E ALTA TECNOLOGIA EM CADA DETALHE.
Após a concepção – no nosso caso, quando o embrião é formado por meio de FIV ou ICSI – para se implantar no útero, o embrião tem que romper uma camada que o envolve, conhecida como zona pelúcida.

Esse fenômeno é chamado de hatching e sem ele não ocorre implantação e, portanto, gravidez.

Assisted hatching é a perfuração que se faz na zona pelúcida em laboratório, antes do embrião ser transferido para o útero. Esse processo pode ser realizado de forma mecânica, química ou por um laser, método utilizado no Fertilitat.

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e receba novidades do Fertilitat

CONTATO

 

Este espaço foi especialmente criado para que você possa agendar consultas de forma simples e ágil. Basta inserir seus dados, incluindo o horário e a data de sua preferência na aba mensagem. Nossa equipe entrará em contato por e-mail ou telefone, confirmando sua consulta ou sugerindo outro horário, no caso de o escolhido estar ocupado.