fbpx

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Cras sollicitudin, tellus vitae condimentum egestas, libero dolor auctor tellus, eu consectetur neque.

Aperte enter para iniciar sua busca...

Artigo: E quando a segunda gestação não vem?

Fertilitat - Centro de Medicina Reprodutiva / Notícias  / Fertilidade  / Artigo: E quando a segunda gestação não vem?

Artigo: E quando a segunda gestação não vem?

Por Ana Luiza Berwanger, ginecologista do Fertilitat

Num mundo onde as taxas de natalidade apresentam uma tendência à diminuição, não são poucos os casais que ainda buscam o sonho de constituírem uma família maior, com mais de um filho. Segundo o IBGE, a taxa de natalidade brasileira é de 1,73 filho por mulher.

Os “pais de segunda viagem”, apesar de se mostrarem menos ansiosos em relação à tentativa de obtenção da gestação, muitas vezes são surpreendidos por uma dificuldade inesperada, a qual pode ser chocante e avassaladora para quem engravidou facilmente da primeira vez. O diagnóstico de infertilidade secundária se aplica àqueles casais que, após um ano de relações sexuais desprotegidas, não conseguem engravidar, ou apresentam múltiplos abortamentos na busca pelo segundo filho. Trata-se de uma situação mais frequente do que se imagina.

O importante, nesses casos, é procurar ajuda de especialistas que investiguem não somente a saúde da mulher, como também a do homem. Inúmeros fatores podem mudar ou surgir com a passagem do tempo entre as gestações. O mais importante deles é a idade da mulher, que influencia diretamente na qualidade dos óvulos — a qual determina a facilidade de engravidar, entre outras consequências. A partir dos 35 anos, as chances mensais de gestação diminuem progressiva e rapidamente, mesmo para aqueles casais que optam por tratamentos de Reprodução Assistida.

É fundamental também avaliar a possibilidade de que algum processo inflamatório ou infeccioso possa ter acometido o útero no período pós-parto. Se o nascimento do primeiro filho foi complicado — por infecção, trabalho de parto prolongado, sangramento ou manipulação excessivos — podem ocorrer alterações anatômicas do sistema reprodutor feminino que atrapalham ou impedem a segunda gestação. Algumas patologias também acabam surgindo com o tempo e alteram significativamente a anatomia da paciente, tais como endometrite crônica (que geralmente não provoca sintomas), endometriose, pólipos e miomas uterinos.

Outras condições adquiridas que devem ser investigadas na mulher são aquelas que provocam alterações hormonais, como por exemplo doenças de tireoide, mudanças drásticas de peso e tratamentos oncológicos. É preciso, também, estar atento a questões relacionadas à coagulação, como as trombofilias adquiridas.

Da mesma forma, o homem necessita de uma avaliação detalhada. Cabe uma análise dos hábitos de vida, como tabagismo, etilismo — principalmente o consumo frequente de destilados —, uso de drogas e qualidade do sono. Também deve ser feita uma revisão de saúde na busca por doenças como diabetes, alterações de tireoide e infecções urológicas, a exemplo de uretrites, orquites, epididimites, entre outras. A mudança de parceiro é outro ponto a ser observado, pois pode influenciar na tentativa da segunda gestação de uma mulher.

Muitas vezes, as causas de infertilidade podem ser múltiplas. O tratamento para cada casal vai depender dos fatores encontrados e deve ser sempre individualizado, de acordo com os achados. Nesse sentido, é fundamental que os pacientes procurem ajuda para a investigação assim que perceberem essa dificuldade, na tentativa de minimizar os efeitos da passagem do tempo na idade da mulher e o agravamento de possíveis doenças não diagnosticadas. O importante é ter a ciência e a segurança de que dificilmente a segunda gestação não ocorre, desde que se tenha certeza, do ponto de vista médico, de que o casal está apto e saudável.

FacebookWhatsAppTwitterLinkedIn

Newsletter Fertilitat

Aproveite e receba conteúdo exclusivo por e-mail e fique por dentro das novidades, novos conteúdos, eventos e materiais feitos para você.

Fale conosco pelo Whats

Envia um Whatsapp e fale conosco sobre as suas dúvidas, sugestões e mais.

Entre em contato

Este espaço foi especialmente criado para que você possa agendar consultas de forma simples e ágil.